DicasFree.com » História » Exemplificar um mito grego

Exemplificar um mito grego

Os mitos antigamente serviam para explicar coisas como, perder a guerra, a chuva, o sol, a seca e desastres naturais. O povo antigo, sempre se prendeu a mitos. Veja alguns dos mais conhecidos como a caixa de Pandora, Medusa e Afrodite.

     

Com a intenção de preservar sua história e passar mensagens, os gregos criaram inúmeros mitos gregos. Há 3 mil anos atrás, não existia realistas explicações para alguns fenômenos naturais, com isso, as pessoas deixavam partir de sua imaginação explicações para esses acontecimentos.

O mais interessante é que essas lendas transpassaram milhares de anos e provavelmente vão transpassar mais milhares. Se elas chegaram até os dias de hoje, provavelmente vão se perdurar durante muito tempo ainda. Eles buscavam explicações para tudo que acontecia ao redor. A imaginação, criou deuses de todos os tipos como, Zeus, Hera, Demeter, Apolo, Afrodite, Poseidon e Ninfas.

Mito Grego

Mitos gregos

Pandora – Na mitologia grega, Pandora significa “a que possui todos os dons”. Foi a primeira mulher criada por Zeus, como punição aos homens. Que sobre o titã prometeram roubar os céus e o segredo do fogo. A história conta que Pandora era a primeira filha de Zeus, aos nove anos de idade recebeu de seu pai um colar que havia sido usado por Prometeu. Pandora, muito cuidadosa, procurou então uma caixa para guardar o seu colar e então guardou a caixa em sua mente e lembranças de seu primeiro namorado.

Nessa caixa podia-se guardar qualquer tipo de coisa, exceto bens materiais. Como o colar era um bem material, ele se auto destruiu. Pandora chorou por muitos dias seguidos, porque para ela o colar tinha um valor sentimental. A caixa era fruto de um grande feitiço, então mesmo que ela tentasse a destruir como vingança, nunca conseguiria. Aos 36 anos então, Pandora suicidou-se, porque não aguentava mais viver debaixo da maldição de não poder destruir a caixa, ela destruiu o que Pandora mais amava.

Medusa – Reza a lenda que Medusa era uma linda mulher que se orgulhava muito de sua aparência. Quando enfim o deus dos mares, Poseidon, se apaixonou por ela. Mas Medusa não poderia se casar, pois era sacerdotisa de Atena, deusa da guerra e virgem. Segundo a lenda, elas estavam muito além do casamento, por serem divindades. Mas Poseidon, enlouquecido de amor, violentou Medusa dentro do templo de Atena.

A inocência de Medusa fora roubada e sua vida desde então nunca mais foi a mesma. Atena então, irou-se muito e transformou Medusa em um monstro dos mares. A criatura foi chamada de Górgona e de uma bela moça, Medusa fora transformada em um dos monstros mais terríveis dos mares. O guerreiro que conseguisse matar e arrancar a cabeça de Medusa, ganharia a maior arma de uma batalha, muitos tentaram, mas todos falharam por causa de seu terrível olhar.

Afrodite – Afrodite era filha de Zeus, deusa da beleza, da paixão e da sexualidade. Por ordem de Zeus, Afrodite então casou-se com Hefesto, o mais feio dos imortais. Foi infiel para com ele muitas vezes, inclusive com Ares, divindade da guerra, com quem teve até filhos.

O mito mais conhecido sobre Afrodite foi o de Páris. Por ter um difícil temperamento e ser bastante vingativa, Afrodite nunca se deixava perder. Uma vez, Éris, sugeriu que um pomo fosse entregue a mais bela das deusas. Nesta lista entrava, Afrodite, Atenas e Heras, então cada uma ofereceu algo em troco do prêmio. Atenas disse que o tornaria invencível em qualquer guerra. Hera prometeu o trono de todo universo e Afrodite prometeu Helena, uma das mortais mais bonitas. Páris, quem as julgava, deu o título a Afrodite e logo depois descobriu que mentia, pois Helena era casada com um rei grego que se chamava Menelau.

Texto do mesmo assunto:

  • Use nossa busca. É simples! Quem sabe temos o que você procura?

Quer comentar ?