DicasFree.com » Funk » Diferença de baile funk

Diferença de baile funk

O funk brasileiro, desde o seu nascimento, possui diferenças em questão dos apelos nas letras das músicas, nas boates e classes sociais. Clique e entenda mais sobre o Funk.

     

O Funk é originário das favelas do Rio de Janeiro.

O funk é um estilo que vem crescendo em grandes proporções no Brasil e que aqui ganhou versão própria. O funk carioca, também conhecido como funk brasileiro, surgiu de influências musicais africanas, do rap e do funk norte americano aliados aos ritmos brasileiros e ao gosto das favelas do Rio de Janeiro. Primeiramente visto como estilo musical das comunidades carentes e desprivilegiadas do Rio de Janeiro, hoje o funk alcançou proporções nacionais e está presente em todas as camadas sociais.

Tendo seu surgimento nas favelas em meados da década de 1980, o funk no Brasil além de apelar para a sensualidade trazia consigo uma carga de valores do gueto, lutas sociais e interesses dos grupos desprivilegiados. Também surgiu como uma forma de protesto contra medidas governamentais e contra as ações policiais no morro, esta por sua vez quase provocou sua proibição.

O sucesso desse novo estilo musical sincrético logo chamou atenção de produtoras e das grandes boates do Rio de Janeiro. Programas de televisão também foram criados. Esses transmitiam todas as novidades do estilo musical e as principais baladas a nível nacional, fato que impulsionou a disseminação do funk para outros estados brasileiros.

As principais diferenças nos bailes funk do Brasil resumem-se nas localidades onde estes são realizados.  Boates de bairros mais humildes geralmente compõe festas muito lotadas e intensas, do estilo que é pregado no funk. Essas festas em bairros mais pobres ganharam popularidade e hoje em dia são frequentadas por quase todas as classes sociais.

As boates em bairros mais caros são mais organizadas, com altos preços e pouco lotadas. Essas, devido ao alto valor de entrada e de consumo no estabelecimento, geralmente só é frequentada pela classe média e alta.

Por último, principalmente no Rio de Janeiro, existem os bailes de funk “Proibidão”. Esses bailes são praticamente iguais aos outros, porém as músicas tocadas são de explícito apelo sexual.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?