DicasFree.com » Culinária » Dieta do feijão para emagrecer

Dieta do feijão para emagrecer

Dúvidas sobre a dieta do feijão? Entre neste artigo e descubra os pontos positivos que o feijão possui para a sua saúde e também para uma dieta saudável.

     

Feijão é uma ótima dica para quem deseja emagrecer com saúde, por isso colocar o feijão na lista de dieta é fundamental e recomendado por muitos nutricionistas.

O feijão é essencial não só para quem deseja fazer dieta, mas para todos os seres do planeta, pois o feijão é rico em carboidratos, proteínas, ferro e vitaminas, além de conter fibras em sua casca.

O certo é que o feijão esteja no cardápio todos os dias, pois não há nenhuma orientação contrária a isso. Pelo contrário, o feijão ajuda a combater, por exemplo, o colesterol, câncer e a anemia.

As fibras contidas no feijão ajudam o equilíbrio do intestino, além de minimizar doenças cardiovasculares e diabetes. Para quem já teve anemia, com certeza sempre ouviu que deveria comer feijão para ficar forte, o motivo é que o feijão é fonte de ferro.

Sim, o feijão ele não engorda, mas ajuda a emagrecer. Porém, é preciso ter cuidados com os alimentos industrializados, pois podem conter excesso de calorias, que o fará engordar e não o contrário.

Uma concha, por exemplo, de feijão, contém apenas 40kcal. O fator que mais beneficia nessa dieta é que o feijão ele dá sustância e acaba com a fome, diferente de muitas dietas feitas, que deixam sensação de estômago vazio.

A sensação de saciedade acontece, principalmente porque ao ingerir a fibra do feijão, essas fibras se transformam em gel, que ficam maior parte do tempo no estômago, que dá impressão de satisfação, logo, o efeito é de comer menos, mas comer saudavelmente bem.

Acontece que muitas pessoas não gostam de feijão, porém, pode ser que não tenha comido ainda o feijão que combine com o seu paladar. A seguir, falaremos de alguns tipos de feijão e maneiras de fazê-lo.

• Feijão preto: Feito principalmente em feijoadas, é conhecido por ser calórico por conta dos ingredientes que colocam junto ao feijão, por exemplo, a carne de porco. Porém, dá para inovar e preparar uma feijoada com ingredientes saudáveis, pelo simples fato do feijão preto, ser bastante saudável.
• Feijão branco: A dica é fazer o feijão com saladas e dobradinhas. O feijão branco ajuda a impedir a absorção do carboidrato que é transformado em açúcar.
• Feijão carioca: O mais conhecido e consumido por todo o Brasil, é um feijão saudável que se adapta a quase todo cardápio, principalmente quando envolve cozidos, arroz, carnes e saladas.
• Feijão vermelho: Conhecido pela culinária francesa, é preparado em sopas, pois é rico em cálcio e ferro, além de não possuir colesterol. Esse feijão tem coloração vermelha, é pequeno e apetitoso.
• Feijão-de-corda: Também chamado de feijão fradinho, é um feijão riquíssimo em fonte de proteína e energia, feito principalmente em pratos nordestinos, como baião de dois e acarajé.

O feijão comum contém:

• Vitaminas B e C
• Caseína vegetal
• Globulina
• Ácido cítrico
• Sacarose, entre outros componentes

Composição do feijão comum:

• 21 a 25% de proteínas
• 58 a 64% de carboidratos
• 1,5% de gorduras

A proteína do feijão é essencial para a saúde dos ossos, pele, órgãos e músculos. Essas proteínas vegetais são formada por aminoácidos, também chamados de lisinas.

As fibras solúveis encontradas no feijão, dão energia para as células do intestino realizarem as suas funções, ou seja, a fibra aumenta as fezes, mas ajuda o intestino a funcionar melhor.

As fibras do feijão, também ajudam que a glicose presente na comida, seja absorvida. Logo, abaixa a hiperglicemia, fazendo com que a pessoa que possui diabetes, mantenha a glicemia regulada.

Curiosidades

• Misturar arroz com feijão, provoca um flúor, que poderá auxiliar o controle de cáries nos dentes. Isso ocorre, porque a mistura desses alimentos puxam o flúor encontrado na água utilizada para o preparo da comida, que se concentra na saliva, protegendo os dentes.
• Essencial combinar o feijão com alimentos que possuem vitamina C, pois assim, o organismo irá absorver melhor o mineral.
• Não misture leite e nem laticínios com o feijão, pois possuem cálcio, que poderá impedir a absorção do ferro.
• Evite comprar o feijão que é vendido em embalagens no mercado, procure comprar feijões vendidos em feiras livres, que sejam comercializado a granel, pois são mais saudáveis.
• Os grãos de feijão, que são brilhosos e graúdos, ainda não perderam sua umidade natural. Faça um teste mordendo um grão, caso ele ceda sem quebrar, significa que não está velho.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?