DicasFree.com » Bebê » Desenvolvimento infantil de um bebê

Desenvolvimento infantil de um bebê

O desenvolvimento dos bebês é um tanto diferenciado e muito importante para os pequenos e adoráveis seres. Confira como tudo isso funciona.

     

Quando o bebê nasce ele praticamente não sabe fazer nada direito, além de mamar e chorar. Isso acontece porque os seres humanos não nascem já prontos, pelo contrário eles ainda terão de passar por muitas etapas de desenvolvimento.

Apesar do desenvolvimento dos bebês acontecer em um tempo curto de duração – entre 1 a 2 anos -, nos primeiros meses as mudanças vão acontecendo em grande velocidade e são claramente perceptíveis pelos pais.

Desenvolvimento do bebê

Desenvolvimento do bebê

Se você quiser acompanhar cada um delas em seu filho, confira logo abaixo a divisão por meses e suas peculiaridades. Mas lembre-se, nem todas as pessoas passam por tudo o que for descrito em ordem ou no mesmo tempo. Leve em consideração que cada ser humano é único e seu filho também é único.

O Primeiro Mês

Durante o primeiro mês os bebês começam dar seu sinais de reflexo. Apesar de suas articulações ainda não serem muito controladas por eles, eles consegue segurar objetos com movimentos duros. Normalmente conseguem se concentrar em quem esta com eles e olham nos olhos da pessoa, detectam e se atentam levemente a ruídos.

O Segundo Mês

É o mês em que a alegria das mães começa. O bebê já é capaz de sustentar a própria cabeça apesar de sua movimento ainda ser dura e de certa forma, inconsistente. Também é a hora em que ele começa a sorrir para trocas afetivas.

O Terceiro Mês

Começa a se mover com mais firmeza e tenta interagir com objetos mesmo que seja só para segura-los. Nessa parte do desenvolvimento, a visão está sendo aprimorada pelo bebê, então é importante que ele aprecie paisagens e enxergue melhor as pessoas.

O Quarto Mês, o Quinto e o Sexto Mês

O bebê já se movimenta melhor e sua principal forma de comunicação é com os movimentos e ruídos. Está mais atento e responde a uma série de estímulos como sons, toques com maior rapidez. É comum também que eles sempre esperem que a pessoa que está falando pare para que façam alguma coisa, como uma resposta.

Também é a chamada a fase oral, onde o bebê põe na boca quase tudo o que vê. O quinto mês segue os mesmos esquemas do quarto. Porém, é comum que os bebes já consigam se apoiar sentados ou que comecem a rolar pelo chão. Já no sexto mês, é comum que ele fique mais forte e consiga levar os pés a boca.

O Sétimo Mês

Com uma musculatura mais forte e treinada, é comum que ele comece a se apoiar em extremidades para observar alguma coisa ou alguém. Também já começa a emitir vários tipos de ruídos e sons diferentes, bem vocalizados. É capaz de conhecer os tons de aprovação e desaprovação.

O Oitavo Mês

É comum que os bebês nessa fase reajam muito bem a estímulos musicais, acontecendo até por vezes deles balançarem o corpo para acompanharem os diferentes ritmos. A curiosidade começa a se aflorar e o pequeno agarra os objetos e os fica explorando, girando-os, apertando, jogando, mordendo, entre outros.

O Nono Mês e o Décimo Mês

São meses em que a musculatura está se fixando melhor e o bebê está se preparando para andar e fazer movimentos mais precisos. É comum que eles comecem a engatinhar, bater palmas e a andar com a supervisão dos pais para evitar que se machuquem.

O Décimo Primeiro Mês

Nesse mês, o bebê já começa a falar pequenas palavras como “papai” e “mamãe” ou “papa” (referência a comida). Mesmo que não falem palavras com sentido, eles iram falar várias coisas grande parte do tempo.

O Primeiro Ano

Espera-se que eles já consigam andar daquela forma engraçada e desengonçada de todo o bebê. Mas se o seu filho ainda não conseguiu, não fique triste. Cada bebê tem o seu tempo para cada atividade.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?