DicasFree.com » Doença » Consequências da obesidade: Infância,adolescência e adultos

Consequências da obesidade: Infância,adolescência e adultos

Para saber mais informações sobre a obesidade, as fases da vida onde ela afeta e quais as principais consequências da doença, acompanhe este artigo e fique por dentro. Saiba também qual a principal medida a tomar para reverter o quadro.

     

Obesidade

A obesidade é um problema moderno que tomou tamanha proporção nos dias atuais que vem sendo considerada uma epidemia mundial. O que ocorreu, é que com o passar dos anos, as pessoas se tornaram mais ocupadas e menos preocupadas com a saúde. Com a vida agitada que levam, muitas vezes deixam de se dedicar a alimentação e a prática de exercícios físicos.

Com isso, o excesso de peso surgiu se tornando parte da maioria das famílias atuais em todo o mundo. Por ser uma epidemia mundial, os problemas com obesidade se tornaram foco de muitos pesquisadores que procuram uma solução para o problema, principalmente para os casos mais graves, como de obesidade mórbida e em crianças de até 10 anos de idade.

Hoje, a obesidade se tornou uma preocupação mundial. Muitas campanhas foram feitas e também o acesso ao serviço nutricional público e as consultas em hospitais tiveram uma atenção especial. Além disso, houve a inserção de atividades físicas no ensino letivo da maioria das escolas. A obesidade preocupa e muito os médicos e especialistas da área.

balança

Infância

Na infância, ela se desenvolve única e exclusivamente por causa dos descuidos dos pais. Também, com a tecnologia cada vez mais avançada, as crianças perderam o hábito de praticar esportes ao ar livre que eram exercício físico. O videogame e o computador, tomaram conta das classes, isso porque os equipamentos possuíram ultimamente um alto nível de consumo, devido aos seus preços baixos.

O que também influencia, é a vida corrida de muitos pais. Que geralmente disponibilizam a seus filhos, congelados, enlatados e também “comidas de rua”. Os fast foods, cresceram consideravelmente nos últimos tempos, facilitando o aumento de peso que acontece rapidamente com a falta de exercícios físicos e atividades cotidianas.

Adolescência

Já na adolescência, o problema é um reflexo da infância. Os adolescentes obesos, geralmente chegam a esse quadro, devido ao costume errado de se alimentar que tiveram enquanto ainda eram crianças. Esses trazem além dos costumes, um vício do organismo a consumir refrigerantes, salgadinhos e outras espécies de alimentos ricos em gordura trans.

As consequências em ambas as fases são as mesmas. A principal e mais favorável é o bullying feito a crianças e adolescentes que registram um peso ultrapassado ao seu ideal. Também sofrem com o cansaço, com a depressão, problemas respiratórios, aumento de colesterol e até algumas doenças como diabetes e pressão alta.

Adultos

Já nos adultos, as complicações vão um pouco além. Além das doenças referentes, a obesidade pode fazer com que a pessoa em questão tenha problemas de impotência sexual, depressão aguda, alguns chegam a se drogar, problemas respiratórios acompanhados de degradação do estômago, hipertensão, problemas cardíacos, insuficiência renal e até derrame cerebral.

Para combater a obesidade, não há segredos, muitos menos táticas ou dietas mágicas. O acompanhamento com nutricionista deve ser feito, juntamente com uma prática regular de atividades físicas, a eliminação ou diminuição do consumo de alimentos ricos em gorduras, açucares e quaisquer substâncias que agridem o corpo e proporcionam um ganho de peso excessivo.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?