DicasFree.com » Auto ajuda » Comportamento autodestrutivo

Comportamento autodestrutivo

Descubra neste artigo quais são os principais comportamentos de uma pessoa autodestrutiva. Conheça cada um desses comportamentos e saiba distinguir pessoas autodestrutivas. Confira!

     

Mesmo com muitos estudos feitos, ainda não há uma análise confirmada sobre os motivos que ocasionam pessoas a se destruírem. No entanto, não deve-se anular a ajuda de profissionais especializados nessa área para ajudar pessoas que são autodestrutiva.

Até mesmo pessoas que demonstram viver uma vida comum igual a qualquer outra pessoa, podem camuflar a autodestruição, porém, existem comportamentos que mesmo que sejam implícitos passam a ser percebidos por pessoas que convivem diariamente.

A autodestruição causa a desestabilização emocional do indivíduo. Além de provocar ações que destroem as suas vidas, passam a prejudicar também o seu emocional ocasionando situações mais graves.

Nem todo ser humano mantém o seu lado racional o tempo todo e acaba praticando comportamentos irracionais contra si. Sendo assim, a seguir você verá os principais comportamentos que uma pessoa autodestrutiva comete.

MENTIRA

Geralmente pessoas autodestrutivas possuem a autoestima baixa, logo a tendência para mentir ou ocultar fatos é relativamente maior. Pessoas que mentem demoram mais para formar frases ao dialogar, do que as pessoas que falam a verdade.

Pessoas autodestrutivas não conseguem manter um diálogo honesto por muito tempo, mesmo sem motivos, passam a inventar situações. Eles mentem sabendo que estão sendo falsos em suas palavras, mas com a intenção de que o outro acredite no que está dizendo.

VIOLÊNCIA

Pessoas autodestrutivas usam a violência para descarregar algo ruim que carregam dentro de si. Existem partes do cérebro que são ativadas justamente durante um ato de violência.

A violência poderá acontecer por algum motivo que provocou a reação de uma pessoa autodestrutiva, porém muitos especialistas acreditam que o cérebro e o genes do ser humano são condicionados a uma busca natural pela violência.

A violência pode estar ligada a muitos fatores, porém os atos de violência normalmente estão ligados a comida, parceiros sexuais ou território. Os hormônios responsáveis pelos atos de violência são ativados facilmente, mesmo em situações sem motivos concretos.

ROUBO

Não é incomum encontrar pessoas numa sociedade que já tenham cometido o ato de roubar, principalmente sem uma necessidade aparente. Podemos chamar essas pessoas de cleptomaníacos, que são pessoas que tem tendência para roubar.

A adrenalina é um dos maiores motivos de existirem pessoas que roubam sem precisar. Uma pessoa autodestrutiva está adepta a utilizar esses meios como um vício, porém acabam prejudicando suas vidas de forma lamentável.

TRAIÇÃO

Mesmo pessoas que já encontraram o par perfeito para namorar ou casar, cometem atos de adultério. Uma pessoa autodestrutiva comete este ato sem culpa alguma.

Pois, para essas pessoas o ato de trair não está ligado a ética, logo, é uma situação que é aceita por ele sem interferir sua integridade moral, estando também envolvido o sentimento de poder e satisfação ao trair a pessoa com quem mantém compromisso.

VÍCIOS

Mesmo sabendo os efeitos negativos de um vício ao seu corpo, uma pessoa autodestrutiva não deixa de lado a sua dependência química e sempre encontra um bom motivo para justificar o seu vício.

Geralmente, pessoas autodestrutivas não deixam de lado os seus vícios para ser aceito socialmente do jeito que é, por não compreender os riscos e por não se importar com a sua saúde, nem mesmo com as pessoas que se preocupam com ele.

BULLYING

Pessoas autodestrutivas praticam o bullying aos seus colegas. Existe uma frase bastante conhecida: “Pessoas machucadas, machucam pessoas”. Pessoas que fazem coisas para se prejudicar, não se importam em prejudicar o outro, nem mesmo se está deixando o colega em depressão.

O preconceito de uma criança, poderá surgir de dois lugares, podendo ser em seu lar ou na escola em que estuda. Pessoas autodestrutivas, podem cometer esse ato por status e poder, pois ao cometer o bullying, pensam que estão sendo superior diante um certo grupo.

ALTERAÇÕES ARTIFICIAIS NO CORPO

Pessoas autodestrutivas, tendem a modificar o seu corpo, principalmente quando essa modificação causa dor, por exemplo, fazer tatuagens. Não há nada de errado em fazer tatuagens, porém essas pessoas sentem prazer em mudar a aparência do seu corpo e principalmente em sentir dor para isso.

Cirurgias plásticas também estão associadas a autodestruição e assim como as tatuagens, não há problema algum, pois muitas pessoas fazem por vaidade, no entanto, existem as que utilizam as cirurgias plásticas como um meio para modificar o seu corpo e chamar atenção.

ESTRESSE

Pessoas autodestrutivas estão sempre estressadas, mesmo nos momentos de descanso. O estresse acaba prejudicando a saúde dessas pessoas, podendo ocasionar até mesmo um ataque cardíaco ou um câncer.

Cada vez mais as pessoas estão ficando estressadas durante a sua rotina, pois a tecnologia chegou a um nível, que as pessoas não só trabalham nos locais de trabalho, mas acabam levando também trabalho para casa, no intuito de agilidade, o que acaba gerando um estresse maior.

JOGO

Pessoas autodestrutivas acabam adquirindo o vício em apostar em jogos, muitos acabam apostando coisas que possuem valor material e sentimental, só para saciar a vontade de jogar.

O jogo também está associado ao sentimento de vitória, logo, esse sentimento cresce, fazendo com que a pessoa esteja sempre pronto para uma nova partida. Não é à toa que existem muitas histórias de pessoas que perderam tudo o que tinham em cassinos.

FOFOCA

Pessoas autodestrutivas, tendem a olhar mais para a vida do outro do que para a própria vida. Essas pessoas usam a fofoca, principalmente como um meio para aproximar pessoas que não gostam de outra pessoa, que obviamente ele também não gosta, somente para matar a sua vontade em falar da vida dessa outra pessoa.

A fofoca está totalmente associada a autodestruição, pois para essas pessoas não há nada melhor do que falar mal da vida de outra pessoa. Lembrando que a fofoca nem sempre está ligada a verdade, essas pessoas distorcem os fatos, mudando para uma versão que acarretará uma visão ruim dos acontecimentos.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?