DicasFree.com » Emprego » Como ser educado em uma entrevista de emprego

Como ser educado em uma entrevista de emprego

O comportamento durante uma entrevista de emprego pode ser um dos elementos mais analisados pelo empregador. Confira dicas sobre o assunto.

     

As entrevistas de emprego são o verdadeiro terror de quem está a procura de um trabalho. Ao mesmo tempo que a entrevista pode ser a primeira porta para o emprego dos sonhos, ela também pode ser apenas mais uma porta para o mar das frustrações. Mesmo que você se considere qualificado para a vaga, o nervosismo e algumas atitudes impensadas na hora da entrevista podem acabar tirando-a de você.

É mais que certo que muitas pessoas acabam perdendo a vaga não por aparentarem ser competentes, mas por passarem uma imagem negativa, imagem essa que o avaliador pode considerar inapropriada ou incompatível com o perfil da empresa. Pensando nisso, o DicasFree preparou algumas dicas para você aumentar as chances em uma entrevista de emprego.

Prepare-se e mentalize

Uma das perguntas mais frequentes e também mais importantes em uma entrevista é a que se refere a experiência profissional. Geralmente, o avaliador procurará saber os seus momentos mais expressivos em outros empregos, situações difíceis que você superou com maestria e até mesmo grandes trabalhos realizados sozinho ou em grupo.

Entrevistas de emprego podem ser individuais ou em grupo  (Foto:Reprodução)

A dica é que você pare para pensar nessas situações dias antes da entrevista. Elabora uma narrativa para elas, padronize-as e classifique-as de acordo com o tipo de cada uma (separe situações difíceis, grandes feitos, trabalhos em grupo, trabalho de liderança, etc). Com essas histórias na ponta da língua, você poderá responder a possível pergunta com mais calma.

Se você não possui experiência profissional, pode destacar atividades que você desenvolveu durante a vida para evitar deixar uma pergunta no “vazio”. Cite a viagem que você organizou com amigos, o intercâmbio, os trabalhos voluntários, trabalhos de campo da faculdade, pesquisas, entre outros. O importante é pensar e escolher essas coisas antes da entrevista.

Estude seu currículo

Se você foi chamado para a entrevista de emprego, provavelmente teve seu currículo aprovado pela empresa. Estude bem o currículo que você entregou para que esqueça os dados que colocou nele. Muitas perguntas são feitas de acordo com o que foi exposto no currículo, portanto, tenha em mente os dados fornecidos.

Principalmente no quesito de línguas, geralmente o entrevistador testará essas habilidades. Se você colou “fluente em inglês”, prepare-se para uma conversa em inglês ou até mesmo a entrevista inteira nesse idioma.

Esteja a par de seu serviço

Provavelmente, a entrevista será realizada para que você possa ou não assumir uma determinada vaga que já é de seu conhecimento. Nesse caso, é comum que o entrevistador pergunte o motivo de você querer assumir aquela vaga. A resposta para essa questão dependerá de como você conhece aquele serviço.

Para isso, pesquise o máximo que puder sobre a função que deseja desempenhar. Pesquise também sobre a empresa que está te entrevistando e procure relacionar os dados obtidos de forma didática em sua resposta, a fim de convencer o entrevistador. Por exemplo, você pode dizer que deseja o cargo de redator em uma empresa de jornalismo porque se identifica com o local, gosta de escrever, aprender coisas novas, e aprecia as condições de trabalho (como o horário flexível, o material ou recurso disponibilizado, etc).

Perguntas estranhas e redes sociais

Muitos entrevistadores acabam por fazer perguntas aparentemente sem noção aos candidatos. A maioria dessas perguntas tem o objetivo de testar os seus conhecimentos de lógica, podendo ser resolvidas com uma simples regra de três. Para isso, vale dar uma boa pesquisada, pois a internet está cheia desses exemplos.

Algumas perguntas aparentemente não possuem uma resposta coerente e de fato não tem. Elas foram feitas para testar a receptividade do entrevistado. Nesses casos, utilize do senso de humor (não exagere) para se livrar do problema. Outras perguntas podem ser um tanto pessoais como “você bebe?”, “gosta de selfies?”, “é tolerante com religiões alheias?”

Essas perguntas não serão inocentes caso você tenha alguma rede social. É possível que o entrevistador tenha checado os seus posts e seu perfil antes da entrevista e tenha perguntado para averiguar se você dirá a verdade. Fique atento. Se você diz que não bebe mas possui fotos com bebidas no facebook, provavelmente falhará nesse aspecto. Tente não postar nada agressivo ou extremista antes da entrevista.

Aparência e cordialidade são essenciais

É possível que você seja avaliado desde que chegar na recepção, seja na forma com se senta, seja na forma como tratou a atendente, por exemplo. Procure tratar as pessoas da melhor forma possível, seja educado e evite a aparência “largada” quando se sentar. Procure deixar a coluna ereta e com boa postura.

Você deverá estudar o local antes da entrevista para saber a maneira como as pessoas se vestem por lá. Suas vestimentas devem estar compatíveis com a função que você deseja exercer. A dica é evitar exageros como terno e gravata (a não ser que seja necessário), por exemplo. Prefira o social, com cores neutras ou frias e recortes mais simples.

No momento da entrevista, o nervosismo é normal. Procure ser você mesmo, seja sincero e demonstre personalidade. Isso poderá fazer com que você se sinta melhor e menos nervoso e também fará com que o entrevistador se lembre de você por sua originalidade e personalidade. Evite gírias no linguajar mas também não empregue uma língua extremamente culta. Afinal, ninguém fala desta maneira no dia a dia.

 

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?