DicasFree.com » Gravidez » Como gravar o parto

Como gravar o parto

Entenda a partir do artigo, como realizar uma filmagem do parto utilizando diferentes métodos.

     

Marinheiros de primeira viagem ou não, muitos pais decidem gravar o parto de seus filhos, como forma de eternizar um momento tão bonito e especial. Embora seja um tanto sofredor para mãe, o momento do parto é também retratado por muitas como o mais importante, pois está trazendo ao mundo uma nova vida, tão esperada e amada. Geralmente, quem realiza a gravação do parto são os pais ou parentes próximos, mas essa prática deve ser questionada anteriormente com os responsáveis pelo hospital.

E algumas instituições podem não permitir a entrada de acompanhante no momento do parto, mas a gestante tem o direito de ter alguém junto a ela nesse momento. Portanto deve ser conversado sobre as possibilidades para que as partes entrem em um acordo. As pessoas que quiserem gravar o parto, mas que não possuem material como máquinas filmadoras, ou não conseguem assistir todas as cenas, podem contratar serviço especializado, que são habilitados para esse fim.

filmagem do parto

A gravação pode ser feita de forma caseira ou com a ajuda de um profissional especializado.

Atualmente, são encontrados no mercado inúmeras empresas que realizam a gravação de parto, além disso, organizam as cenas, adicionam música e outros detalhes de edição para vídeo. Essa é a forma mais simples de gravar um parto, mas requer custos um pouco elevados dependendo de cada empresa e das aplicações feitas posteriormente no vídeo. Muitos hospitais possuem parceria com essas empresas e cobram em média de R$ 380,00 a R$ 1800,00 para fazer um DVD editado com mais um álbum de 6 a 20 fotos.

Por causa do preço, muitas pessoas optam pela filmagem caeira, ou seja, utilizando uma câmera comum ou semi profissional, capaz de captar boas imagens. Com os avanços da tecnologia, muitas máquinas fotográficas possuem enorme qualidade e um preço mais acessível a todos. Dessa forma, basta utilizar as ferramentas e opções de filmagem da câmera e ficar posicionado num local mais propício para captar todas as ações realizadas no momento do parto.

Antes de iniciar, é bom perguntar ao médico ou enfermeiros qual o local mais adequado para se acomodar e que não venha a interferir no trabalho dos mesmos. A pessoa precisa estar confiante de que pode suportar as imagens, que para a maioria das pessoas são desagradáveis, pois envolve cortes, sangue, e etc. Portanto, quem nunca ou não se sente bem com essas situações pode acabar se sentindo mal e não realizar a filmagem de maneira adequada.

O parto normal é mais suportável que a cesária, porque o corte é mínimo, as vezes nem ocorre, mas isso depende muito do ponto de vista de cada pessoa. Portanto, filmar um parto é muito simples, basta que a pessoa tenha uma filmadora e pouco mais de confiança para que aguente o sofrimento visível da gestante por causa das dores, junto a todos os procedimentos cirúrgicos utilizados para que o parto aconteça.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?