DicasFree.com » Emprego » Como fazer um currículo

Como fazer um currículo

Confira as melhores dicas para fazer um currículo e dar o pontapé inicial em sua carreira profissional.

     

O currículo vitae é o documento básico para conseguir um emprego ou estágio na área desejada. Com ele, o empregador terá um primeiro contrato com o futuro empregado, podendo conferir suas qualidades listadas, experiência profissional, qualificações, dentre outras características que facilitarão na escolha dos candidatos a vaga do emprego.

A primeira dica que daremos é se esforçar para fazer o currículo. Logo abaixo, você conferirá algumas dicas para montar seu currículo, mas lembre-se de se dedicar em cada uma delas, mostrando o seu melhor. Como já mencionado, currículo é o primeiro contato com o empregador e também o mais importante, pois, por meio dele, você será ou não selecionado para a entrevista de emprego ou estágio.

A imagem do documento

A primeira impressão ao pegar um currículo contribui bastante para avaliação final do empregador. Um currículo tem que ser sério, afinal, ninguém quer contratar alguém que nem mesmo leva a sério o próprio curriculo. Portanto, nada de muitos enfeites, fontes coloridas, ou imagens sem necessidade. Aposte no time que sempre ganha: Arial ou Times New Roman.

Preste atenção nos possíveis erros de português (foto: reprodução)

Evite também colocar título como “Currículo ou Currículo Vitae”, por exemplo. O empregador já sabe do que se trata o documento, então essa informação é desnecessária. Colocar foto no currículo só é necessário quando o empregador solicita essa informação antecipadamente ou quando o emprego a requer.

Outras informações não necessárias podem “poluir” o documento e contribuir para uma imagem negativa. Evite colocar os motivos de demissões anteriores, nomes de familiares, cartas de referência, assinaturas, informações negativas e pretensões salarias. Ao escrever os itens que apontaremos nas próximas dicas, evite utilizar pronomes pessoais. Isso dará um ar mais sério ao seu documento.

Estrutura

Primeiramente, o candidato deve informar as suas informações pessoais como o nome completo, idade, estado civil, endereço (sem informar o CEP), telefone celular e e-mail.

Após isso, é comum que o candidato mostre seus objetivos no emprego. Seja sucinto e direto ao ponto. Evite acumular muitos objetivos. Depois disso, informe sua formação acadêmica, colocando o nome dos cursos de graduação e pós graduação com os nomes das instituições. No caso de estar cursando, acrescente o nome da instituição e o ano do término do curso (previsão).

O próximo passo será informar as experiências profissionais. Se você teve muitos empregos, escolha quais você vai querer colocar no currículo para evitar poluição visual. Você deverá colocar o nome da empresa ou órgão em que trabalhou, seu cargo, as funções desenvolvidas, ano e mês de entrada e saída e pode destacar promoções e resultados obtidos nesses empregos.

A próxima etapa serão os cursos que você porventura tenha. Você pode adicionar cursos de pequena ou longa duração, informando o nome do curso, nome da instituição, ano e mês de início e término e também a carga horária. Logo abaixo, vale a pena informar os idiomas que você profere (seja sincero nesse ponto, pois, o empregador pode testa-lo na entrevista).

O último campo é dedicado e nomeado como Outras informações. Você pode adicionar experiências voluntárias, experiências internacionais, intercâmbios, dentre outras.

Facilitando ainda mais

Se você compreendeu todas as dicas mas ainda está confuso no quesito da formatação de seu currículo, pode ficar despreocupado. Em uma simples busca na internet, é possível obter vários modelos de currículos já prontos na formatação, bastando apenas acrescentar as suas informações conforme dito acima.

Você pode baixar modelos já prontos clicando aqui. Também pode conferir mais informações nesse link.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?