DicasFree.com » Mulher » Como é feito o exame preventivo ginecológico

Como é feito o exame preventivo ginecológico

: Nesse artigo veremos como é realizado o exame ginecológico, saber para que ele serve, a sua importância e porque deve ser feito regularmente.

     

O exame preventivo ginecológico serve para averiguar se está tudo ocorrendo bem sem nenhuma anormalidade com as partes intimas da mulher.

Quando ainda são jovens, são realizadas as primeiras consultas com os ginecologista para que o especialista converse com a paciente e avalie seus corrimentos ou alterações hormonais, já quando a idade já está mais avançada, os exames são realizados rotineiramente para averiguar se nenhuma doença ou infecção atingiu ou ameaça a região genital.

Antes do exame, o médico irá ter uma longa conversa com a paciente para saber como ela se sente com essa mudança hormonal e após isso ele explicará como irá funcionar o procedimento do exame. O processo do exame é indolor e muito seguro.

Como é feito o exame?

O exame é dividido em duas etapas, uma onde o ginecologista irá conversar com a paciente e a outra onde ele irá examiná-la. Se no caso, for preciso ser realizado um exame mais íntimo, a mulher terá que retirar todas as suas peças de roupa, inclusive as intimas, vestir uma camisola com abertura na parte da frente.

O médico posicionará a paciente na máquina e realizará o processo observando e coletando material da região íntima dela. A parte desse exame, que é chamado de papanicolau, não demora cerca de 10 minutos, mas é necessário que a paciente não fique nervosa e não contraia os músculos genitais para que o processo seja ainda mais rápido.

Caso a paciente solicitar, ela poderá ter um acompanhante para não ficar sozinha no momento do exame.

Esse processo é indicado para que seja supervisionado a saúde da região íntima, ainda mais se a paciente já possuir vida sexual ativa. O papanicolau deve ser realizado de 6 em 6 meses.

Caso o ginecologista perceba que algo está diferente com a parte íntima da mulher em seu diagnóstico, ele irá aconselhar a paciente e passará o tratamento adequado para ela. Em alguns casos, quando existe algum risco de ser algo mais grave, tal como o câncer do colo do útero, a paciente poderá realizar exames de urina e fezes, hemogramas completos e ultrassom de várias partes do corpo. Esses exames também poderão ser pedidos caso o médico perceba que na região possui alguma infecção.

Esses exames são realizados de forma preventiva para que se algo não estiver indo bem, se alguma coisa estiver irregular, que seja percebida logo de início para ser tratada o mais rápido possível, não ocasionando assim males maiores para a paciente.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?