DicasFree.com » ENEM » Como calcular a nota do Enem

Como calcular a nota do Enem

Muitas pessoas ao ter acesso ao gabarito do ENEM tentam fazer o cálculo para saber se realmente tirou uma boa nota na prova. Clique e saiba como isso funciona.

     

Quando dizem que o ENEM é um dos sistemas mais justos de avaliação por prova já introduzidos em nosso país, não é atoa. A forma aplicada para corrigir e dar nota as provas do Exame Nacional do Ensino Médio passam longe de apenas somar os pontos obtidos independentemente de qualquer outra coisa.

O cálculo feito para avaliar as provas do exame é extremamente complexo, sendo realizado por máquinas que possuem softwares específicos para esse fim. Isso quer dizer que o sistema possui vários níveis burocráticos de avaliação que são levados em consideração na pontuação do aluno. Isso possibilita a famosa situação em que um aluno que acertou mais tirou nota menor do que acertou menos.

É preciso saber em primeiro lugar que cada questão da prova tem um nível de dificuldade que faz toda a diferença. Cada nível de dificuldade vale uma pontuação diferente e é por isso que é difícil fazer o cálculo, pois nunca se sabe qual questão pertence a qual nível. Além disso, o sistema de TRI – Teoria de Resposta ao Item – prevê possíveis chutes dos candidatos.

Praticamente, o sistema pode considerar que um aluno chutou questões mais difíceis e as acertou caso o candidato tenha errado questões mais fáceis da mesma linha de assuntos. Ou seja, se o candidato errou questões simples de uma determinada linha de raciocínio, as questões mais complexas dessa mesma linha que ele acertar não valerão tantos pontos.

Caso o aluno acerte mais questões fáceis e poucas difíceis, sua nota consequentemente será maior, pois ele mostra ao sistema que possui um certo domínio do assunto e que sua prova não é resultado de chutes. Assim, o candidato que tem facilidade em certa área, pode se dedicar mais a essa área, tentando acertar o máximo possível e nas outras, tentando acertar as questões mais fáceis.

O método pedagógico empregado na correção é preciso e tem se mostrado muito eficiente nos exames. Isso garantiu uma forma mais democrática de seleção dos alunos que entrarão na Universidade, uma vez que o sistema de correção de vestibulares não chega nem perto dessa complexidade. Não é possível calcular a nota do Enem em casa, pois os valores mudam a cada prova.

O jeito é esperar que o INEP apresente as notas oficialmente para que elas sejam utilizadas no Sisu pelo candidato. Para saber mais sobre o método de correção, baixe o arquivo PDF oficial disponibilizado pelo MEC explicando o sistema nesse link.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?