DicasFree.com » Biologia » Classificação dos fungos resumo

Classificação dos fungos resumo

Há quem ache que os fungos são espécies exóticas do enorme reino das plantas. Porém, muito se engana quem considera os fungos como plantas, pois os mesmos possuem um reino totalmente independente, não se encaixando nem entre plantas como em animais. Pertencem ao reino fungi, de acordo com a Biologia. Como são seres que foram […]

     

Há quem ache que os fungos são espécies exóticas do enorme reino das plantas. Porém, muito se engana quem considera os fungos como plantas, pois os mesmos possuem um reino totalmente independente, não se encaixando nem entre plantas como em animais. Pertencem ao reino fungi, de acordo com a Biologia.

Como são seres que foram classificados como diferentes das plantas e dos animais, o reino fungi também detém uma classificação interna e própria para melhor compreender as diferenças desses complexos seres vivos. Apesar de serem internamente diferenciados, não se sabe muito sobre as origens e evoluções desses seres que existem há cerca de 540 milhões de anos.

Classificação dos Fungos

Basicamente, os fungos se dividem em 5 classes distintas. Essas classes são respectivamente os quitridiomicetos, os basidiomicetos, os ascomicetos, os deuteromicetos e os zigomicetos.

Os quitridiomicetos são considerados as espécies ancestrais dos fungos que conhecemos. Existem ainda cerca de 700 espécies desse tipo de fungo, e vivem geralmente em locais úmidos ou com presença abundante de água como rios, lagos e mares. Se alimentam de matéria orgânica – agindo como decompositores – e também podem parasitar outras espécies de animais e plantas.

Espécie de quitridiomiceto

Espécie de quitridiomiceto (Foto: Reprodução)

Os basidiomicetos são conhecidos também como basídios, por terem o método de reprodução sexuada. Esses fungos são muito abundantes no planeta, tendo sido registrados mais de 22.000 espécies como olheira de pau, ferrugens e cogumelos. Também possuem a particularidade de causar doenças em plantas e animais.

Espécie de basidiomicetos

Espécie de basidiomiceto

Os ascomicetos são também conhecidos como ascos, por apresentarem esse tipo de reprodução sexuada baseada na produção de esporos meióticos. Foram catalogadas cerca de 32.000 espécies de ascomicetos, entre elas, os bolores, morchellas, trufas, leveduras e filamentos.

ascomiceto morchella

ascomiceto morchella (Foto: Reprodução)

Os deuteromicetos, também conhecidos como fungos imperfeitos ou fungos conidiais, se diferenciam das demais classificações por apresentarem um quadro evolutivo diferente e não muito compreendido. Não possuem reprodução sexuada, apenas se reproduzem pela produção de conidiósporos assexuadamente. Como exemplo podemos citar o fungo penicilium, que produz a penicilina.

Espécie de deuteromiceto

Espécie de deuteromiceto            (Foto: Reprodução)

Por fim, os zigomicetos são os famosos bolores de pães, de doces e das frutas. Possuem aparência de penugem ou algodão, geralmente com detalhes em preto ou em outras cores. Agem como decompositores e também parasitam outros animais, plantas e fungos. Foram catalogadas cerca de 1.000 espécies de zigomicetos.

Espécie de zigomiceto

Espécie de zigomiceto (Foto: Reprodução)

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?