DicasFree.com » Saúde » Cirurgia bariátrica pelo SUS

Cirurgia bariátrica pelo SUS

Cirurgia bariátrica feita pelo SUS. veja no artigo as principais orientações clinicas antes de fazer a cirurgia.

     

Cirurgia bariátrica pelo SUS

A cirurgia bariátrica é um processo de redução de estômago, fazendo com que o paciente perca peso. A cirurgia custa em média (em hospitais privados)  de R$5.000. Recentemente, com o aumento da taxa de obesidade no Brasil, o governo resolveu adaptá-la á rede pública de saúde (SUS).

Contudo o processo, até chegar ao ato cirúrgico, demora em média 1 ano. Dentro desse período, o paciente deve fazer baterias de exames para garantir a saúde em dia. Pelo SUS, se esta cirurgia não for de emergência, pode demorar ainda mais. São feitas em média mais de 60 cirurgias mensalmente.

A obesidade chegou a níveis extremos correndo o risco de epidemia, por isso a rede pública de saúde implantou a cirurgia bariátrica

Uma das principais causas, que está levando mais pessoas á fazerem cirurgia bariátrica, é justamente o crescente número de indivíduos que encontram-se acima do peso.
(Foto: Divulgação)

A princípio, os médicos indicam que a orientação através de um psicólogo pode ser mais vantajosa, esse poderá encaminhá-la até um nutricionista. Com o acompanhamento correto, o indivíduo terá resultados mais satisfatórios em um curto período de tempo. Existem apenas 18 estados onde a cirurgia bariátrica foi implantada, sendo eses:

► Pará

 Tocantins

► Maranhão

 Ceará

 Rio Grande do Norte

 Pernambuco

 Alagoas

 Sergipe

 Bahia

 Minas Gerais

 Espírito Santo

 Rio de Janeiro

 São Paulo

 Paraná

 Santa Catarina

 Rio Grande do Sul

 Mato Grosso

 Mato Grosso do Sul

 Distrito Federal

Informações extras

Depois da cirurgia, o paciente tem acompanhamento clínico durante alguns meses. O procedimento foi incluído na rede pública de saúde, em meados de  2007. A idade mínima (segundo as novas normas) é de 16 anos para dar início ao processo cirúrgico . Contudo, o paciente deve estar muito acima do peso para obter um diagnostico de cirurgia.

Aqueles pacientes que apresentam riscos de morte ou doenças crônicas, tem direito a cirurgia emergente. Isso só será comprovado após a bateria de exames e as complicações relacionadas ao peso que surgirem. Os exames anteriores, a cirurgia devem ser pagos. Porém, existem algumas instituições parceiras que oferecem descontos.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?