DicasFree.com » História » Ciclo da borracha República Velha

Ciclo da borracha República Velha

O ciclo econômico da borracha foi muito importante para o desenvolvimento principalmente da região norte do país, durante a república velha. Entenda mais sobre isso aqui no Dicas Free!

     

Ciclos econômicos

A historiografia do Brasil é marcada pelos chamados “ciclos econômicos” como uma forma de pensar as principais atividades que enalteciam a economia brasileira em cada época de nosso país. Apesar dessa separação por ciclos, é importante saber que um ciclo não determina apenas uma atividade, mas dá importância a ela na historiografia devido aos seus lucros ou potencialidade de desenvolvimento ao país.

Durante o ciclo do café, o Brasil nunca deixou de exportar e produzir açúcar, cacau, borracha, e outros produtos, por exemplo.

Durante a República Velha, especificadamente entre os anos 1879 a 1912, o Brasil teve uma grande mudança no quadro geral das exportações com a produção da borracha proveniente do Látex da Seringueira.

A borracha já existia anteriormente, porém novos métodos de fabricação do material a partir do látex impulsionaram a disposição do uso da borracha em vários produtos e aparatos industriais.

Ciclo da Borracha no Brasil

A espécie de Seringueira de onde se aproveitava o látex era exclusiva da Amazônia, bastando muitas vezes encontra-las na mata, sem a necessidade de planta-las. Vários empreendedores brasileiros perceberam isso e começaram a investir nesse novo mercado.

Com melhores métodos de fabricação da borracha, ela passou a ser mais utilizada principalmente para fabricar pneus de automóveis, que aliás era um dos produtos que mais ganhava espaço na Europa e nas Américas.

Teatro Amazonas - Símbolo da riqueza da borracha

Teatro Amazonas – Símbolo da riqueza da borracha

Seringueiras

As grandes plantações de seringueiras deixaram os barões da borracha extremamente ricos. Era comum desses homens mostrarem seu poder e suas riquezas com futilidades ou grandes importações de produtos. Principalmente em Manaus, Porto Velho e Belém, o dinheiro da borracha trouxe uma significativa contribuição em desenvolvimento para as capitais. O teatro de Manaus é uma das mais lembradas heranças desses tempos de riquezas.

Nessa mesma época, o Brasil anexou a seu mapa o atual Estado do Acre, que também se intensificou na produção de borracha. As exportações eram tão grandes que chegaram a ficar em segundo lugar no país, perdendo apenas para o café.

Queda da borracha

Ao final em 1912, o mercado brasileiro na borracha sofreu uma brusca queda devido a produções do mesmo nível por outros países. Porém, de 1942 a 1945, esse mercado retorna devido as dificuldades europeias e norte americanas na Segunda Guerra Mundial e da necessidade dessa matéria prima para a industria bélica.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?