DicasFree.com » Saúde » Celulite incecciosa

Celulite incecciosa

Ao contrário da celulite comum principalmente em mulheres, a celulite infecciosa é muito mais perigosa e comprometedora. Clique e confira os sintomas dessa doença.

     

Se atualmente as mulheres buscam desesperadamente pelos meios estéticos mais inovadores para se livrarem das famosas celulites, o tipo que se trata o presente texto nada tem a a ver com essas.

Diferente da celulite popular, a celulite infecciosa e uma doença que quando não tratada a tempo, pode levar o indivíduo ao óbito de forma dolorosa e de certa forma, rápida.

Estafilococos - causador da celulite infecciosa

Estafilococos – causador da celulite infecciosa

A Doença

A celulite infecciosa é causada pela ação bacteriana dos estafilococos e estreptococos que quando se alojam no tecido subcutâneo, começam a causar os danos ao indivíduo. Eles podem adentar no corpo humano por qualquer abertura ferida, como machucados, cravos, unhas encravadas, etc.

A parte afetada inicialmente mais comum são os pés e a parte inferior das pernas. Porém, a celulite infecciosa pode se iniciar em qualquer lugar do corpo e quando não tratada, pode estender-se pelo corpo inteiro.

Vermelhidão em área afetada

Vermelhidão em área afetada

A parte mais complexa e perigosa que a doença pode se iniciar é o rosto, pois pode ocasionar juntamente a ela uma meningite bacteriana, o que complica ainda mais o quadro.

Os Sintomas

Essa doença apresenta sintomas caraterísticos e facilmente identificáveis tanto pelo indivíduo infectado como por qualquer outra pessoa. Os sintomas são:

  • Intensa vermelhidão na área afetada
  • Dor e inchaço também na área afetada
  • Febre
  • Elevação – erupção – na área afetada
  • Pele contendo aspecto macio

Tratamento

Assim que detectada a possibilidade da doença é aconselhável que a pessoa vá ao médico o mais rápido possível. Inicialmente, a doença é tratada com antibióticos, seja por via oral ou injetável.

O tipo de antibiótico vai depender do tipo de causador da infecção. A região afetada é imobilizada e são aplicados curativos para diminuir o desconforto do paciente.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?