DicasFree.com » Animais » Banho para cachorro

Banho para cachorro

Para saber mais informações sobre a maneira correta de dar banho em cachorros, acompanhe este artigo e fique por dentro das melhores maneiras de evitar problemas a seu cão na hora do banho.

     

Banho

O banho é importante por diversos fatores. Além da limpeza, ele está ligado diretamente a saúde do seu cãozinho. Evitando que a partir do mesmo, ele esteja protegido contra algumas bactérias e ainda possa estar livre de contrair algumas doenças transmitidas pela sujeira. Por isso, sempre é importante o banho em animais.

Dar banho em cachorros pode ser bem mais fácil, do que em gatos por exemplo. Basta somente que você respeite alguns limites, como a temperatura da água e tome cuidado com os ouvidos do bichinho. Ensinaremos passo a passo como fazer para dar banho no seu cachorro e não deixá-lo estressado ou irritado com a prática.

banho em cachorro

Passo a passo

  • 1° - Antes de mais nada, procure deixar a temperatura da água ambiente, morna e agradável ao seu cão. Ao contrário dos gatos, que gostam de uma água mais quente, os cachorros são mais sensíveis e preferem uma temperatura mais natural. Mas não os coloque em água gelada.
  • 2° - No pet shop ou até mesmo em supermercados, é possível encontrar shampoos próprios para cachorro. Eles contém substâncias que beneficiam seu cãozinho e ainda permitem que o cheiro do mesmo fique agradabilíssimo. Escolha sempre shampoos que fazem muita espuma, eles são mais concentrados na limpeza.
  • 3° - Procure manter distância os ouvidos dele, da água. O que acontece muito, é que na maioria dos banhos, os cães saem com os ouvidos encharcados de água. Bom, é super válido que você preste atenção onde a água está chegando. Essa prática pode desenvolver até mesmo doenças e dores no ouvido.
  • 4° - Por fim, você precisa prestar muita atenção na hora de secá-lo. Uma dica bacana, é usar o secador de cabelos para fazer uma completa secagem nos pelos. O excesso de água, deixado sobre o corpo do animal, pode trazer doenças e até muita bagunça dentro de casa, considerando o quanto ele se mexe até que esteja seco.

Considerações finais

Se você ainda tem dúvidas, basta levar seu animalzinho em uma clínica veterinária ou até mesmo pedir orientações para não fazer nada de errado durante o banho. É sempre importante lembrar que as orelhas e o fucinho são as partes mais sensíveis e que podem trazer complicações a saúde do mesmo, uma vez molhadas.

Fique atento aos sinais que ele dá de forma geral, há também uma possibilidade de se resfriar se ficar muito tempo dentro d’água. Por isso, cuidados são sempre necessários na hora do banho. Deixe tudo que vai usar separado e próximo de você para facilitar as coisas.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?