DicasFree.com » Saúde » Tonturas e Vertigem: Motivos e Tratamentos

Tonturas e Vertigem: Motivos e Tratamentos

Mais informações sobre vertigem e tonturas, acompanhe este artigo. Saiba mais sobre quais problemas podem causar a tontura e até mesmo como é possível tratá-la.

     

Tonturas e vertigem

As reações e sensações de tonturas e vertigem podem mudar de pessoa para pessoa. Se observarmos, as palavras são sinônimos e também em muitos casos podem considerar a mesma coisa.

O modo de sentir tanto uma, quanto a outra podem ser diferentes, para saber exatamente o que está sentindo, basta somente observar alguns pontos. As duas, através do dicionário, tem o mesmo significado. Estar zonzo, tonto e até sentir que tudo está girando de alguma maneira.

Elas representam uma sensação de falta de equilíbrio e essas podem ser geradas por diversos fatores. Alguns ou a maioria, estão ligados diretamente com saúde. Principalmente as funções labirínticas estão sempre ligadas a tontura.

Está comprovado, que cerca de 85% dos casos, são devido a labirintite estar em processo inicial ou até mesmo atingindo os principais pontos do corpo. Vistas embaçadas também fazem parte das tonturas.

Labirintite

Não dá para dizer ao certo, como é possível solucionar a labirintite ou até mesmo diminuir através de algum medicamento ou hábito a doença. Ela é daquelas que ataca o labirinto, causando muitas infecções e até inflamação do mesmo. Embora esse seja o caso, há também outras causas, como por exemplo, gravidez, gripe, enxaqueca, traumatismo craniano, uso indevido de medicamentos fortes, ansiedade e muitos outros. Você poderá considerar grave, toda tontura ou vertigem que vier acompanhada de :

  •  Dores de cabeça
  •  Febre
  •  Fraqueza
  •  Dificuldade para falar
  •  Desorientação
  •  Vômitos
  •  Falta de consciência
  •  Dores no peito

Assim que as tonturas estiverem muito acentuadas e também acompanhando qualquer um desses sintomas, você deverá procurar ajuda médica.

 

Tratamentos

Os tratamentos são variados e você só saberá depois de uma quantidade de exames. As consultas devem ser contínuas e você deverá seguir todas as orientações médicas. Os tratamentos podem ser alterados, também os medicamentos de acordo com a doença em questão. A qualquer sinal de problemas, seu médico deverá ser consultado.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?