DicasFree.com » Animais » Animais peçonhentos, principais cuidados

Animais peçonhentos, principais cuidados

Animais peçonhentos são os causadores de parte dos acidentes domésticos com registro nos prontos socorros de todo o país. Para saber como proceder quando for picado ou descobrir quais medidas deve tomar para evitar um acidente, confira nesta matéria.

     

Animais peçonhentos

Animais peçonhentos são culpados por boa parte das entradas emergenciais feitas mensalmente em prontos socorros, isso ocorre porque a maioria das pessoas não se importam com as medidas necessárias para se manter seguro. Antes de mais nada, precisamos entender que os cuidados com sua casa são indispensáveis.

Evitar deixar comida fora da geladeira, evitar sujeira e acumulo de gorduras são ótimos caminhos para lhe manter a salvo de mordidas ou picadas de aranhas, cobras, ratos e vários outros animais desse estilo. Durante as épocas de chuva, eles costumam procurar abrigo.

É numa dessas, que acabam indo parar na sua casa! Mas não se preocupe, existem alguns cuidados básicos, do cotidiano, que podem ser tomados para evitar esse desconforto. Confira:

Cuidados

Os cuidados com sua casa são indispensáveis, fique atento aos locais propensos a ter criação desses tipos de animais

Animais peçonhentos

Tampe todos os buracos – Se você mora próximo a ambientes que possuem terrenos baldios, matagais ou até mesmo no campo, é necessário que utilize todo tipo de utensílio para tampar os buracos por onde esses animais podem passar. Os protetores de porta são os mais indicados para esse caso.

Deixe sua casa sempre limpa – Manter a limpeza em seu lar é essencial para impedir que animais tenham acesso e se sintam “a vontade”. A limpeza, bem como o cheiro de produtos são eficazes para impedir que eles entrem. Além é claro, de deixar tudo brilhando e muito cheiroso. Evite acumulo de gordura em qualquer ambiente da casa, principalmente na cozinha.

Faça dedetização – A cada seis meses, é indicado que faça a dedetização em sua casa. Você pode contratar agências de serviço que cobram em média R$50,00 para manter sua residência protegida a cada seis meses, não pesa no bolso né?

Orientações

 Entre com muito cuidado em ambientes que estão fechados há muito tempo. Antes do uso de colchões que estão há tempos sem usar, bata-os bem. Antes de colocar roupas ou sapatos, balance-os para testificar de que não há nenhum animal dentro. Na hora da limpeza, afaste os móveis.

Sempre que for fazer a limpeza de um porão ou sótão, utilize o auxílio de luvas e botas. Entulhos, nem pensar! Não coloque suas mãos desprotegidas em locais escuros ou fechados, se caso deparar-se com um animal peçonhento em sua casa como cobras, escorpiões ou aranhas nocivas, procure por ajuda.

Fora de casa

Se você vai fazer algum programa ao ar livre, como um piquenique por exemplo, é importante que verifique com cuidado o local antes de estender a toalha. Não caminhe nesses ambientes descalço e nem de chinelo, se estiver estacionado em um ambiente rural, feche as portas do carro.

Também é interessante não escolher lugares próximos as plantações para fazer acampamentos. E ainda que o animal esteja morto, não pegue com as mãos, mesmo depois de mortos podem trazer doenças e ou causar irritações á pele.

Caso haja picada ou mordida

O local onde sofreu a lesão deve ser lavado com sabão e água abundante, não deixe que a vítima coloque-se de pé até que tenha chegado o serviço de ajuda. O local onde estiver lesionado deve se manter mais alto do que o corpo, o socorro deve ser chamado exatamente na hora da picada.

Se for possível, é interessante que leve o animal peçonhento até o atendimento médico. Para mais informações sobre o que fazer ligue para o Disque – RENACIAT (Intoxicação da Rede Nacional de Centros de Informação e Assistência Toxicológica) no número 0800 722 6001.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?